RADIO PRINCESA FM AO VIVO.

DATA E HORA

PAGINA INICIAL

ATENÇÃO LEITORES:

ATENÇÃO: A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORÃO DEIXA CLARO QUE NÃO SE RESPONSABILIZARA PELOS COMENTÁRIOS POSTADOS NAS MATÉRIAS PUBLICADAS NESTE BLOG, TODOS FICARÃO CIENTES QUE AO PUBLICAREM QUALQUER COMENTÁRIO INADEQUADO OU OFENSIVO, QUE O MESMO SERÁ DE SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE. ATENCIOSAMENTE A DIREÇÃO DO BLOG ALONSOBISORAO.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Enfermeira Kaliup explica sobre o cancelamento do dia D de vacinação em FLORIANO-PI.



O Dia D da campanha de multi-vacinação foi cancelada. A informação é da enfermeira Kaliup Modesto que é lotada na Saúde do Município de Floriano-PI.
“Como começamos a semana passada, nós temos uma quantidade de registros suficientes para estar lançando no sistema. Então, não temos essa necessidade de estar fazendo o dia “D” agora. Houve uma grande procura nos postos e estamos vendo a questão da atualização, se precisa fazer alguma vacina ou não. Isso foi visto a cerca de 15 dias quando começamos”, disse a enfermeira.
Muitas doses ainda podem ser encontradas nos postos da segunda, 27, até a sexta-feira da próxima semana, conclui afirmando que no sábado não vai haver nenhum manifestação em relação ao dia D.
Cliquem AQUI e vejam a matéria completa.
COPIADA POR: AlonsoBisorão.
FONTE: http://piauinoticias.com

Os candidatos não são obrigados a irem a debates, diz Juiz.



O piauinoticias procurou o Juiz Marcos Klinger, da 61ª Zona Eleitoral de Floriano-PI, ainda pela ocasião do evento promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação (SINTE) com os candidatos a prefeito de Floriano-PI, e a autoridade esteve se pronunciando.
O magistrado foi indagado quanto à presença da professora Léa Almeida, líder sindical, na Justiça Eleitoral e ele respondeu, “houve uma representação formulada por uma das coligações. Ocorre que pelo que entendi se tratava de um encontro interno da classe e não era um debate. Um encontro para tratar de temas relacionados ao Sindicato, aos interesses do Sindicato com os candidatos. Vejo plenamente possível desde que fossem convidados todos os candidatos para eleições majoritários e isso, pelo que constatei ocorreu e não vejo motivo para que haja a suspensão desse evento hoje, deste que se transforme num debate, pois um debate realmente possui regras que devem ser previamente estabelecidas entre os candidatos, ou caso não seja preestabelecidas, que sejam cumpridas na forma da Legislação Eleitoral”.
O juiz Marcos Klinger recomendou que não houvesse transmissão ao vivo por rádio e Tv.
Em relação à participação dos candidatos: Almir Reis (PMDB), Didi da Lotérica (PDT), Joel Rodrigues (PP) e Moura Fé (PMB) no evento, o magistrado disse, “os candidatos não são obrigados a irem”.
A entrevista com o Juiz foi na manhã dessa quinta-feira, pouco antes de ser iniciado o encontro na Câmara Municipal de Floriano, Praça Cel Borges.
Cliquem AQUI e vejam a matéria completa.
COPIADA POR: AlonsoBisorão.
FONTE: http://piauinoticias.com

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Coligação “FLORIANO PRECISA VENCER” esclarece sobre a ausência no debate da Educação em Floriano-PI.



A assessoria do candidato a prefeito Almir Reis, do PMDB, em Floriano-PI, enviou o portal piauinoticias uma nota onde esclarece quanto a sua não participação no encontro dessa manhã, realizado na Câmara Municipal com presenças dos candidatos a prefeito e os profissionais lotados na Educação. O evento foi promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação -SINTE, Regional de Floriano, à frente a professora Léa Almeida.

NOTA DE ESCLARECIMENTO AOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO E À SOCIEDADE.
Em atenção aos profissionais da educação e à sociedade, a coligação Floriano precisa vencer e o candidato Almir Reis vem esclarecer os motivos do não comparecimento ao debate realizado pela presidente do SINTE, elencando os motivos a seguir:
(01) A presidente do SINTE apenas notificou sobre a realização do debate sem, contudo esclarecer qualquer regra para a realização do mesmo.
(02) Em contato telefônico com a Assessoria, foi informado que seria na verdade uma Mesa Redonda entre os profissionais da Educação e os candidatos, sendo limitado a 10 (dez) pessoas o número de militantes que acompanhariam cada candidato, justamente para utilizar o encontro e também o espaço físico da Câmara Municipal para os Profissionais da classe. Até cogitamos a ida mais como a plenária estava repleta de correligionários de outra coligação, em desrespeito a esta informação, entendemos ser mais prudentes não entrar.
(03) O que foi visto, foi a convocação e presença maciça de militantes da Coligação “A Força que vem do bem”, o que demonstra que não se respeitou nenhuma regra, tirando a participação dos principais interessados na discussão do tema.
(04) Registra-se que, o esposo da Presidente do SINTE, organizadora do debate, o Sr. Júlio de Almeida Carvalho, é filiado ao Partido Progressista (PP), militante ao lado do Candidato Joel Rodrigues desde o tempo em que o mesmo era do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).
(05) Face aos inúmeros fatos que demonstraram a parcialidade na realização deste debate, chegou-se ao ponto de outra Coligação entrar com uma representação eleitoral visando suspender a realização do ato.
(06) Por fim, o Candidato Almir Reis se coloca a disposição para debater com a Classe dos Profissionais da Educação sobre qualquer tema de interesse da mesma, em data e hora acertada com os profissionais, oportunidade que poderá responder qualquer pergunta, apresentar e explicar todas as ações voltadas para a Educação constantes do seu plano de Governo.
Um grande abraço,
Almir Reis e Ana Cleide.
Cliquem AQUI e vejam a matéria completa.
COPIADA POR: AlonsoBisorão.
FONTE: http://piauinoticias.com

Coligação "VAMOS JUNTOS FLORIANO" pede cancelamento de debate da educação em Floriano-PI.



Mediante a discordância de alguns pontos do debate promovido na manhã desta quinta-feira (22/09/2016), a coligação "Vamos juntos Floriano", do candidato a Prefeito Didi da Lotérica (PDT) entrou com uma representação na Justiça Eleitoral de Floriano pedindo o cancelamento do evento.
Convocada pelo órgão, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação - SINTE/Regional de Floriano, professora Léa Almeida, explicou que o debate seria na verdade apenas uma roda de conversa.
“Nós fomos chamados porque uma das coligações entrou com uma representação eleitoral, pedindo para não acontecer o debate, que na verdade não é um debate, é mais uma mesa redonda, foi o que foi explicado, vai se mais uma mesa redonda, onde eles vão responder as perguntas que já foram feitas pela categoria”, disse.
Acerca da ausência dos candidatos Almir Reis (PMDB) e Didi da Lotérica (PDT), no evento, a educadora defendeu que foi apresentado para todos os candidatos como aconteceria o debate.
“Houve um mal entendimento por parte deles, a gente pensa dessa forma, porque se eles estavam entendendo como um debate que precisava ter regras, a assessoria deles teria nos procurado, por que no dia 2 de setembro foi enviado o convite para o dia 22, quer dizer 22 dias antes”, declarou.
O Juiz da 9ª Zona Eleitoral, Marcus Klinger, acatou as alegações do SINTE/Regional de Floriano e indeferiu a representação da "Vamos juntos Floriano".
“Vejo plenamente possível, desde que convidados todos os candidatos para as eleições majoritárias, e pelo que eu constatei, ocorreu, então não vejo motivos para que haja nenhum tipo de suspensão desse evento hoje, desde que obviamente não seja transmitido e se transforme sim aí num debate”, declarou Marcus Klinger.
Cliquem AQUI e vejam a matéria completa.
COPIADA POR: AlonsoBisorão.
FONTE: http://www.florianonews.com

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Sindicalista afirma que famílias na zona rural de FLORIANO-PI estão sem água Por falta de 4 mil Reais.


Homens e mulheres das comunidades rurais de Floriano-PI, ou seja, centenas de famílias estão sofrendo com a estiagem e com isso, não há apoio do município em relação a uma ajuda no sentido de amenizar a situação com relação à água potável, para o uso na alimentação e ainda para beber.
O Sindicato dos Trabalhadores Rurais é o órgão que diariamente recebe pedidos de ajuda por parte das famílias que moram nas comunidades rurais é quem está fazendo as denúncias.
Nessa segunda, 19/09/2016, o piauinoticias esteve com a presidente do Sindicato citado, liderança rural Enedina Pereira, que numa entrevista, disse lamentar a situação e que muitas famílias não estão sendo atendidas pelo município devido a um problema no único carro pipa que existe, e que serve para abastecer com água de qualidade algumas centenas de casas de agricultores.
Enedina disse mais, que no início de agosto esteve em duas comunidades rurais no carro pipa, mas que dias depois, teve informações de que o carro havia quebrado, e que seriam necessários cerca de R$ 4.000,00 para conserto, o que ela coloca como um desrespeito com a classe rural, por se tratar de um valor pequeno para a gestão pública municipal.
“Vejo que R$ 4 mil que é o que um vereador gasta numa festa comum, não é empecilho para uma Prefeitura dizer que por falta de quatro mil reais não se leva água para a população. Eu não acredito nessa história, ainda vou averiguar”, disse ela.
A sindicalista afirma que as informações quanto ao carro estar quebrado, são de pessoas da própria Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e fez um desabafo, “não existe água nem para molhar e fazer um cuscuz para um menino comer, antes de ir para a escola”.
Enedina internou mais. Que esse relato foi de uma mãe de família que vem passando por dificuldades.
O piauinoticias está tentando ouvir o secretário da pasta de Desenvolvimento Rural da Prefeitura de Floriano-PI.
Cliquem AQUI e vejam a matéria completa.
COPIADA POR: AlonsoBisorão.
FONTE: http://piauinoticias.com